Grupo de trabalho III

O SIRGAS-GTIII (Datum vertical) foi estabelecido durante a Assembleia Geral da IAG, realizada no Rio de Janeiro em 1997. Seus principais objetivos são definir um sistema de referência vertical unificado para o SIRGAS, estabelecer um sistema correspondente e transformar os sistemas de altitudes clássicos existentes em um sistema moderno. Uma das atividades fundamentais do SIRGAS-GTIII é a elaboração do diagnóstico dos data verticais existentes, cujas conclusões podem se resumir em:

  1. o nível de referência dos data verticais americanos correspondem com o nível médio do mar registrado em diferentes marégrafos, durante diferentes períodos de tempo, isto é, estão referenciados a diferentes épocas;
  2. as redes verticais têm sido densificadas em diferentes países mediante a operação de nivelamento geométrico de alta precisão, mas, em geral, os desníveis medidos não foram corrigidos pelos efeitos do campo de gravidade;
  3. os sistemas não levam em conta a variação das altitudes e do nível de referência com respeito ao tempo, isto é, são estáticos e por isso,
  4. os sistemas de altitudes existentes as Américas apresentam discrepâncias consideráveis entre os países vizinhos; não permitem o intercâmbio consistente de informação geográfica e não possibilitam a determinação de altitudes advindas do GNSS em combinação com modelos geoidais de alta resolução de forma prática.

A definição do novo sistema de referência vertical do SIRGAS é idêntica à definição do Sistema de Referência de Altitude Internacional (IHRS – International Height Reference System) dado pela Resolução n° 1 de 2015 da Associação Internacional de Geodésia (IAG). A realização do novo sistema de referência vertical do SIRGAS deve ser uma densificação regional da realização do Sistema de Referência de Altitude Internacional (IHRF – International Height Reference Frame), i.e. deve:

  1. estar referenciado ao valor de W0 convencional preconizado na Resolução n°. 1 de 2015 da IAG;
  2. ser dado por altitudes físicas apropriadas (derivadas do nivelamento geométrico associado a reduções gravimétricas ou a análises do campo de gravidade de alta resolução) e
  3. estar associada a uma época de referência específica, isto é, deve considerar as mudanças de altitude e seu nível de referência em relação ao tempo. A respectiva superfície de referência (geoide ou quase-geoide) deve ser determinada de maneira unificada em todo o continente.

Miembros del SIRGAS-GTIII

Gabriel do Nascimento Guimarães (gabriel@ufu.br), presidente, UFU, Brasil
Ayelen Pereira (apereira@fceia.unr.edu.ar), coordinadora modelos geopotenciales, UNR, Argentina
Ezequiel Antokoletz (ezequiel.antokoletz@gmail.com), coordinador referencia gravimétrica, UNLP, Argentina
Ana Cristina O. C. de Matos (acocmatos@gmail.com), coordinadora modelos geoidales, CENEGEO, Brasil
José Luis Carrión Sánchez (josecarrionsa@gmail.com), coordinador redes de nivelación, IGM, Equador
Hernán Guagni (hguagni@ign.gob.ar), IGN, Argentina
Lucrecia Galván (galvanlucrecia@gmail.com), UNSE, Argentina
Claudia Infante (claudia.nfnt@gmail.com), UNSE, Argentina
Juan Francisco Moirano (jmoirano@fcaglp.unlp.edu.ar), UNLP, Argentina
Claudia Tocho (ctocho@yahoo.com.ar), UNLP, Argentina
Sílvio Rogério Correia de Freitas (sfreitas@ufpr.br), UFPR, Brasil
Karoline Paes Jamur (karoljamur@gmail.com), UFPE, Brasil
Regiane Dalazoana (regiane@ufpr.br), UFPR, Brasil
Denizar Blitzkow (dblitzko@usp.br), USP/CENEGEO, Brasil
Roberto Teixeira Luz (roberto.luz@ibge.gov.br), IBGE, Brasil
Marc Véronneau (marc.veronneau@canada.ca), NRCan, Canadá
Jose Tarrío (jose.tarrio@usach.cl), USACH, Chile
Henry Montecino Castro (henrymontecino@gmail.com), UdeC, Chile
Sergio Rozas Bornes (sirgas@igm.cl), IGM, Chile
Vagner Gonçalves Ferreira (vagnergf@hhu.edu.cn),Hohai University, China
María Marta Mora Rivas (mmorar@rnp.go.cr), IGN, Costa Rica
Álvaro Álvarez Calderón (aalvarez.igncr@gmail.com), IGN, Costa Rica
Leidy Johanna Moisés Sepúlveda (leidydumoises@hotmail.com), IGAC, Colômbia
Siervo William León Callejas (swleon@igac.gov.co), IGAC, Colômbia
Andrea Santacruz (andreasantacruzj@gmail.com), UFPR, Equador
Edgar Parra Cárdenas (edgar.parra@geograficomilitar.gob.ec), IGM, Equador
Xiaopeng Li (xiaopeng.li@noaa.gov), NOAA, Estados Unidos
Javier A. Cornejo (jcornejo@anati.gob.pa), IGN, Panam´q
Rogger Montoya Morray (rmontoyaign02@gmail.com), IGN, Peru
José Leandro Santos (l.santos@ign.gob.do), IGN, Republica Dominicana
Daniel Piriz (daniel.piriz@igm.gub.uy), IGM, Uruguai
Oscar Carranco (oscar.carranco@mail.igm.gob.ec), IGM, Uruguai
Jorge Faure Valbi (jfaure@fing.edu.uy), IGM, Uruguai
Nilbeny Cano Finil (nilbecf20@gmail.com), IGVSB, Venezuela
Melvin Hoyer (melvinhoyer@gmail.com), LUZ, Venezuela
Napoleón Hernandez (josenapoleonhernandez@gmail.com), IGVSB, Venezuela
Salomão Soares (salomao.soares @ ibge.gov.br), IBGE, Brasil
Nilton de Souza Ribas Junior (nilton.junior @ ibge.gov.br), IBGE, Brasil

Presidentes anteriores

Silvio Rogério Correia de Freitas (2013 – 2019), UFPR, Brasil
Roberto Texeira Luz (2008 – 2013), IBGE, Brasil
William Martínez Díaz (2007 – 2008), IGAC, Colombia
Laura Sánchez (2001 – 2007), IGAC/DGFI, Colombia/Alemanha
Roberto Texeira Luz (1997 – 2001), IBGE, Brasil

Rolar para o topo